Brilho excessivo, aspecto pesado e maior tendência à acne: quem tem pele oleosa conhece bem esses sintomas. Porém, mantendo uma rotina de limpeza adequada e cuidados no dia a dia, eles podem ser controladas. Mas, se você tiver esse tipo de pele e notar que a oleosidade só piora mesmo com esses cuidados, é grande a probabilidade de algumas atitudes suas estarem sendo nocivas à saúde e à beleza de sua cútis.

 

Deixar o estresse tomar conta

O estresse altera a produção do cortisol, que estimula hormônios específicos a acionarem as glândulas sebáceas. A oleosidade produzida por essa dinâmica pode levar à acne no rosto e no corpo. Cuide da sua mente primeiro! <3

 

Má alimentação

A alimentação está intimamente ligada à saúde da pele. Estudos apontam que a ingestão de alimentos de alto índice glicêmico, como pães e massas, estimulam a produção de oleosidade e a acne.

 

Lavar o rosto muitas vezes ao longo do dia

Seja qual for o seu tipo de pele, ela deve ser lavada apenas duas vezes por dia: de manhã (ao acordar) e à noite (logo antes de dormir). Lavar o rosto mais vezes que isso pode ressecar demais a pele e causar o efeito rebote, em que o organismo entende que a oleosidade natural acabou e, por isso, precisa ser reposta o mais rápido possível, resultando em uma pele ainda mais oleosa em pouco tempo.

 

Não manter uma rotina de cuidados diários para a pele

A rotina de cuidados diários é essencial para manter a pele equilibrada, saudável e bonita. Inclui lavagem, hidratação e proteção solar.

 

Não dar atenção aos princípios ativos dos produtos para a pele

A pele oleosa é extremamente beneficiada por princípios ativos como ácido salicílico, ácido glicólico, zinco, mel, gengibre e aveia. Na hora de escolher os produtos para a limpeza e a hidratação da pele, é bom procurar por eles nos rótulos.

 

BioSil™ estimula as células responsáveis pela produção de colágeno, aumentando suas fibras e proporcionando pele firme, linhas finas, sem rugas e com maior elasticidade.

Redução de 30% da profundidade das rugas, clinicamente comprovada.